Medir o Volume

 

A norma ISO requer que o volume se leia no ponto mais baixo do nível do líquido. O ponto mais baixo do líquido tem de tocar no limite superior da marca da graduação. O menisco é curvatura da superfície do líquido. A dita curvatura é causada pela tensão da superfície do líquido. No vidro volumétrico a forma do menisco é côncava (virada para baixo). Para resultados corretos o olho do observador deve estar ao nível do menisco. Para se conseguir ter uma melhor leitura deve-se colocar uma fita preta por trás abaixo da linha de graduação e da linha do menisco.

Medir o Volume

Tempo de Espera e Escoamento

O tempo de escoamento é o tempo necessário para que o menisco passe da marca superior á marca inferior da ponta da pipeta ou da bureta.

O tempo de espera começa depois que acabe o tempo de escoamento. Durante o tempo de espera o líquido continua caindo pelas paredes do tubo. Para conseguir a melhor medida com as buretas e pipetas, tem que se prestar atenção ao tempo de espera. Especialmente com as pipetas, deve apoiar a ponta sobre a parede do recipiente que está a ser usado.

Como Usar as Buretas

As buretas são usadas para titulações e estão calibradas (para verter). Primeiro lave muito bem a bureta com a solução que vai usar para a titulação. Depois encha a bureta um pouco acima do zero. Lave também a torneira com a solução. Ter atenção que não existem bolhas de ar no interior da bureta. Encha com mais solução até ao máximo de 10 mm acima da marca do zero e tenha atenção em não humedecer a parede da bureta acima do nível do líquido. Vendo o menisco esvazie a solução até ao nível exato do zero. Neste momento tem de limpar as gotas da ponta da torneira. Depois tem de abrir devagar a torneira para começar a titulação evitando que a ponta da torneira toque no recipiente que está a usar. Quando mudar de cor feche a torneira da bureta e espere 30 segundos (que é o tempo de espera para as buretas). Depois tem de ler o volume descarregado ao nível do olho. Não esquecer de retirar a gota que fica na ponta da torneira pois faz parte do volume lido anteriormente.

Como Usar as Pipetas

As pipetas são calibradas (para verter). O primeiro passo é encher a pipeta. Para encher use sempre um pipetador ou pi-pump. Encha com o máximo até 10 mm acima da marca de graduação da pipeta. Depois deve limpar a parte externa da ponta da pipeta. Mantenha a pipeta ao nível da sua vista e situe a ponta da mesma sobre a parede do recipiente. Este deve ter uma inclinação. Deve então escorrer o excesso até ao menisco da linha de graduação. O próximo passo é esvaziar a pipeta. Deve esvaziar a mesma tendo a ponta da pipeta situada na parede do recipiente inclinado. Tenha atenção de esvaziar o líquido completamente.

Como Usar Os Balões Volumétricos

Os balões volumétricos são usados principalmente para preparação de soluções padrão. Estão calibrados (para conter). Ponha o peso exato da solução no balão. Depois encha o balão volumétrico com (água destilada) cerca de metade do volume do balão e misture. Depois adicione mais água até que o menisco esteja exatamente á altura do traço do balão. Ter atenção para que o olho esteja á altura do menisco e verificar que as paredes acima do traço não estão molhadas.

Como Usar As Provetas

As provetas são usadas para medidas exatas de líquidos e estão calibradas (para conter). Encha com liquido até ao nível do menisco da capacidade desejada. Ter atenção ao ler o menisco á altura do olho.